Portugal é grande quando abre horizontes

14
Fev 10

 

A minha escrita tem uma linha mestra muito clara: deixar espaço a quem me lê. Não há que dizer tudo. Quem escreve, penso, convida o leitor a sonhar. A imaginar. A reflectir. A abrir os olhos. Para que as vistas sejam sempre o mais amplas possível.

 

 

publicado por victorangelo às 18:48

31
Dez 09

 

Copyright V. Ângelo

 

À porta de casa, a minha tenda em Birao, capital da Vakaga, uma residência de luxo, com internet e tudo, a badalar o sino de um ano que será um tempo de grandes mudanças. Há que ter a coragem de enfrentar novos desafios, abrir outros horizontes,  começar uma vida diferente. Não é apenas renovação. 2010 é um ano novo.

 

Um bom Ano de 2010 para todos os que seguem o meu blog.

publicado por victorangelo às 20:58

15
Ago 09

 

 

Ontem, decorei o contingente militar togolês. A medalha das Nações Unidas reconheceu o valor de cada soldado que o Togo teve a coragem política de nos enviar. Pequeno país, mas com muito orgulho nacional.

 

Hoje, tive a oportunidade de decorar o contingente da Polónia. Soldados muito disciplinados. Bem preparados. Armados como deve ser. Prontos a todas as operações que o deserto exige. Era o dia das Forças Armadas Polacas.

 

Decorei também uma secção de tropas especiais da Croácia.

 

E tive tempo, entre muitos afazeres, para ouvir a sabedoria do Sultão de Dar Zaghawa. O vigésimo terceiro em linha directa, vinda de um antepassado distante. Quem diz que esta gente não tem história? Os Zaghawas são um povo guerreiro, pastores de camelos nas horas vagas, senhores de muito orgulho, e a principal fonte de recrutamento dos rebeldes do Darfur.

 

Percorri mais de dois mil quilómetros, entre ontem e hoje. Por isso, as letras pesam e cada palavra é arrancada ao cansaço de quem arrasta os ossos velhos pelas terras onde nem o Diabo gosta de ficar por muito tempo.

publicado por victorangelo às 21:27

15
Jul 09

 

Copyright V. Ângelo

 

Caminhamos na areia da vida. Mesmo as marcas mais fortes acabam por ser ultrapassadas pelo tempo. Mas isso não nos impede de continuar a caminhar.

 

publicado por victorangelo às 11:23

12
Jul 09

 

Da minha varanda, neste serão fresco de Domingo, o Tejo parece correr com tranquilidade. Não há grande movimento. Mesmo as ruas, entre o grande rio e a minha casa, estão relativamente silenciosas.

 

É altura de escrever a minha peça regular, para a revista que me acolhe. Depois de um fim-de-semana de férias em família, coisa rara, as palavras escritas têm dificuldades em encontrar o caudal habitual. As frases, depois das pessoas, parecem coisa vagas, pesadas e impenetráveis.

 

Tudo muito a contrastar com a calma das águas e deste lado da cidade.

publicado por victorangelo às 21:42

04
Jul 09

 

Hoje, cedo, senti uma brisa fresca. Está um lindo dia de Sol. Mas também se consegue apanhar um pouco de frescura, à sombra das árvores que estão na plena força do Verão. Tudo isto é altamente apreciado, quando se vem de vários meses no Sahara e no Sahel.

 

O verde e a brisa dizem-me que é tempo de desaceleração. Por duas semanas.

 

Quem anda aos ventos secos compreende melhor a bênção que sai do verde das árvores frondosas.

publicado por victorangelo às 07:59

21
Jun 09

 

Copyright V. Ângelo

 

O pássaro das penas grandes anda muito circunspecto pelas terras que já deram fruto.

publicado por victorangelo às 19:42

14
Jun 09

 

Escrevi sobre o Islão, na edição da semana passada da Visão. Era um texto político. Mas para certos leitores, o que ficou foi a leitura religiosa do Islão. E têm trocado comentários bem vivos sobre a questão da fé islâmica e das fés, em geral. Uma demonstração de que a religião continua a acender os ânimos.

 

Mas as palavras ficam dentro dos limites da elegância. É uma guerra com alguma tranquilidade e combatida no sítio on-line da revista. Tudo muito ao estilo do que deve ser o Século XXI.

 

Mas é curioso notar como a religião continua a atrair opiniões bem marcadas, e trocas de palavras acesas. Mas não incendiárias.

 

 

publicado por victorangelo às 21:36

25
Mai 09

 

A VISÃO desta semana teve a amabilidade de publicar o meu texto mais cedo. Foi enviado hoje de manhã para sair na Quinta. Saiu hoje mesmo à tarde. Parece que gostaram muito.

 

Que pensa o leitor?

 

http://aeiou.visao.pt/pobre-obrigado=f509965

 

Comentem na própria revista, por favor.

publicado por victorangelo às 23:07

23
Mai 09

 

 

Depois de um dia ao Sol, 45 graus, a pôr condecorações no peito de militares, a discutir como conjugar o trabalho das tropas com o dos polícias, rebeliões e outras aventuras armadas, o papel das comunidades na resolução dos conflitos à volta da água e das terras, o ter ou não uma reserva estratégica de combustíveis para o abastecimento necessário durante a estação das chuvas que está a chegar - consumimos centenas de milhares de litros por mês - , fui jantar com uma delegação do Eliseu e mais uns ministros e outros notáveis aqui da terra.

 

Calhou-me uma conversa séria com  Presidente da Assembleia Nacional. É um gigante de dois metros e tal, um dos filhos de uma das cinquenta e três esposas do seu falecido pai.

 

Resolvidos os assuntos em causa, o Presidente virou-se para mim, viu os meus cabelos brancos, a minha posição, estatuto, e disse-me: "Temos que ir visitar a minha região natal. É aquela ponta que entra pelos Camarões adentro." Acrescentou, após uma pausa que tardou em findar: "Garanto-te que voltarás com dez mulheres!"

 

Claro que respondi muito obrigado. Mas a viagem fica sem data marcada. Foi apenas um jantar diplomático das dez. Da noite.

 

Bons sonhos. 

publicado por victorangelo às 22:52

twitter
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO