Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vistas largas

Crescemos quando abrimos horizontes

Vistas largas

Crescemos quando abrimos horizontes

A igreja grande

 

Copyright V.Ângelo

 

Neste Domingo de Páscoa convido o leitor a visitar a Igreja Matriz de Birao, capital da região de Vakaga, na República Centro-Africana, bem perto da fronteira com o Sudão.

 

Com o tempo, a igreja, que como deve ser, está situada na zona central de Birao, perdeu os fiéis. Hoje é um edifício sem vida, numa terra que é cada vez mais islâmica. O Islão conseguiu penetrar ao nível popular, ganhar raízes locais, sobreviver às crises políticas e aos conflitos armados. A região está, hoje mais do que nunca, virada para o Sudão muçulmano. Bangui, a capital da RCA, fica longe, o cristianismo é uma religião de brancos e de gentes das cidades, um mundo distante, estranho, nestas terras bem estranhas.

 

 

O percurso

 

Em Paris, a caminho do Chade. Por uma semana. A última viagem, na minha capacidade actual. Alguém me perguntou, aqui na sala de espera, um colega vindo esta manhã de Nova Iorque, como me sinto. Bem. Acreditem, bem.

 

Não tenho dúvidas que é altura de virar a página.

Uma pazada na cara

 

Sexta-feira cheira a fim-de-semana. Mas é apenas um cheiro. Amanhã estarei novamente na estrada. Ou no ar, melhor dizendo. Vou visitar o Sector Central da minha área de operações. Ver os civis, os militares e os polícias. Passar pelos campos de refugiados. É uma vida mexida.

 

Domingo, será a altura de escrever o meu texto para a Visão da próxima semana. Um prazer, misturado com a angústia de produzir palavras que caibam em duas colunas e que façam sentido.

 

Mas, mesmo assim, é bom ter um fim-de-semana.

 

Entretanto, hoje, para além das muitas coisas que foi preciso fazer, tivemos um incidente grave no nosso campo de Abéché. Cerca de 25 trabalhadores manuais, recrutados ao dia, no mercado local, atacaram à paulada e com pás o funcionário que orientava o seu trabalho. Uma das pazadas rasgou-lhe a face. Não mataram porque as tropas do Nepal, que estão aquarteladas nessa base, puderam intervir rápidamente. Foram todos presos. Sem que se saiba bem que fazer com eles, que o sistema de justiça não funciona. Um problema a acrescentar à lista.

 

Mais a Sul, uma viatura de uma ONG nacional foi atacada na estrada e roubada. Os meus serviços enviaram um pequeno destacamento, para perseguir os ladrões. Umas boas dezenas de quilómetros mais para Leste, já perto do Sudão, os nossos polícias conseguiram alcançar a viatura. Houve um tiroteio dos antigos. Os larápios acabaram feridos. As balas das velhas kalashnikov fazem doer. Para mais, estão cheias de pó. O pó é uma constante nestas terras. Estão em tratamento no hospital de Goz Beida. No meio do muito pouco que existe.

 

O Ministro do Interior dissera-me, na Quarta-feira, que gente assim deve ser tratada como cães raivosos. Aqui fica a nota. Sem mais.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

<meta name=

My title page contents

Links

https://victorfreebird.blogspot.com

google35f5d0d6dcc935c4.html

  • Verify a site
  • vistas largas
  • Vistas Largas

www.duniamundo.com

  • Consultoria Victor Angelo

https://victorangeloviews.blogspot.com

@vangelofreebird

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D