Portugal é grande quando abre horizontes

26
Jul 14

Os cancelamentos sucessivos e numerosos, as avarias de aviões, o mal-estar entre os pilotos, tudo isto e outros indícios mostram que a TAP está de novo em crise. Na verdade, parece estar a rebentar pelas costuras. E a transformar-se, rapidamente, numa companhia aérea que merece pouca confiança.

 

Um exemplo concreto. No primeiro voo do dia para Bruxelas, na passada segunda-feira, o avião e a tripulação não eram da TAP. O avião saiu de Lisboa com um atraso significativo. E a viagem foi um pesadelo, pois o avião charter que a TAP alugara tremia por todos os lados e fazia um barulho de meter medo, como se fosse uma panela de escape com buracos e mal atarraxada.

 

Era uma aeronave espanhola, da mesma companhia que dias depois perdeu um avião, no percurso entre Burkina Faso e a capital da Argélia. Hoje, quem viajou no ferro-velho de segunda-feira está com a impressão que foi o mesmo avião em que seguiram para Bruxelas que se despenhou no deserto do Saará.

 

Talvez não tenha sido. Mas que a TAP está em riscos de cair aos bocados, aí não tenho dúvidas.

publicado por victorangelo às 19:53

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


twitter
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

16

20

28
31


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO