Portugal é grande quando abre horizontes

23
Nov 16

Não me parece estratégico falar de populismos de um modo indefinido. O verdadeiro risco, a ameaça em vários países europeus, provém da extrema-direita. É essa gente que tem a possibilidade de chegar ao poder, se os contextos nacionais e europeu continuaram a não responder às ansiedades de uma boa franja dos eleitores. Por isso, o combate político deve ter como alvo principal esses movimentos. E deve ser feito de modo amplo, em aliança com todos os que se opõem ao ressurgimento das ideias xenófobas, racistas e fascistas.

publicado por victorangelo às 19:33

O combate aos movimentos fascistas só terá exito quando deixarmos de nos preocupar com as consequências e nos focarmos nas causas. De certeza que 50% dos eleitores de Calais não são fascistas mas, no entanto, votam na Le Pen...Porque será?! Enquanto não nos entendermos quanto a isto o fascismo continuará a crescer.
Kruzes Kanhoto a 26 de Novembro de 2016 às 17:11

twitter
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
16
19

22
25
26

27
28


<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO