Portugal é grande quando abre horizontes

04
Jul 14

A primeira paragem, depois da entrada em Portugal, foi na área de serviço do Fundão, na A23, a caminho de Lisboa. Estava quase deserta, fora três rapazolas, espetados no exterior, à entrada da loja. Pelo aspecto, fiquei a pensar que deveriam ser de etnia cigana. Pena.

 

Fui logo abordado, com a insistência que visa intimidar. Queriam que lhes comprasse um dos i-phones, telemóveis de topo, novos em folha mas que visivelmente haviam conhecido uma outra vida, no estabelecimento comercial donde haviam sido muito provavelmente furtados.

 

Um casal belga, no carro que vinha atrás de mim, foi o centro de atenção seguinte. Atemorizados pelos jovens, voltaram de imediato a entrar no seu automóvel e arrancaram a toda a pressa.

 

Tinham tido a sua primeira experiência como turistas em Portugal.

publicado por victorangelo às 08:15

twitter
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

16

20

28
31


<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO