Portugal é grande quando abre horizontes

22
Out 10

José Luis Zapatero mostrou, desde que é chefe do governo espanhol, que não hesita, quando se trata de proceder a remodelações governamentais. Acaba de fazer mais uma. A sexta remodelação desde Marco de 2004.

 

Não foi um câmbio cosmético. Vários ministros importantes foram substituídos, para sua grande surpresa. Um deles foi Miguel Angel Moratinos, que estava há seis anos e meio à frente dos assuntos exteriores.

 

O novo governo irá, se não for mudado antes, preparar as eleiçõesde 2012. Serão eleições muito difíceis para o PSOE.

 

Para já, a nova equipa vai reforçar a comunicação social, a informação pública, trabalho que caberá ao novo homem forte, Alfredo Pérez Rubalcaba, a coordenação interministerial e o combate ao terrorismo, visando sobretudo a ETA. É um governo com menos titulares e de austeridade.

 

Num total de 16 elementos, incluindo Zapatero, 7 são mulheres. Para além de Elena Salgado, que ocupa a pasta de segunda vice-presidente do governo, bem com das finanças, uma outra está nos assuntos exteriores e outra na defesa. São postos de grande importância.

publicado por victorangelo às 20:12

13
Out 10

Os 33 mineiros chilenos deram várias lições ao mundo. Mostraram como funciona uma equipa coesa, bem chefiada, determinada, o que significa ter coragem, o valor da paciência, da perseverança e da disciplina, o saber acreditar nos outros, nas autoridades, nos grupos de socorro, na solidariedade. Mostraram o peso que o apoio familiar tem, quando se trata de situações dramáticas.

 

Trabalhavam em condições de grande precariedade laboral, numa mina que não aplicava os regulamentos mínimos de segurança, mas que pagava um pouco mais. Hoje, os homens aprenderam que a segurança não tem preço e que certos riscos não compensam. Saem deste acidente mais fortes e com uma visão muito diferente da vida e de si próprios.

 

Que a vida lhes continue a dar a sorte que desta vez não lhes faltou!

 

publicado por victorangelo às 17:50

03
Abr 10

Sábado de Páscoa é um dia de transição, na cultura que nos rodeia. De um lado, uma Sexta-feira em que a esperança é crucificada. Do outro, um Domingo que nos desperta uma nova luz, nos abre horizontes, nos faz acreditar na vida.

 

É preciso saber esperar. Ter coragem. Ultrapassar os momentos difíceis. Acreditar no futuro.

publicado por victorangelo às 21:27

10
Out 09

 

 

Ontem e hoje escreveu-se muito sobre a atribuição do Prémio Nobel da Paz a Barack Obama.

 

Curiosamente, os velhos chavões antiamericanos voltaram a aparecer, incluindo no comunicado do PCP sobre a matéria. Acrescentem-se os amargos de boca da malta de Direita, que ainda não digeriu os resultados das eleições americanas, mais uns pós de uns intelectuais espertos, que acham que é muito cedo, que ainda não há obra, e temos um quadro do que foram as reacções.

 

Por outro lado, as razões invocadas para a escolha são claras. Trata-se de reconhecer a coragem de uma visão nova das relações internacionais. Um filosofia mais progressista nas relações entre os povos. O facto que Obama trouxe esperança. Que deu corpo a um sentimento que um futuro melhor é possível. A insistência na diplomacia e no diálogo, como meios de resolução dos diferendos. A visão de um mundo sem armas nucleares.

 

As visões transformam o mundo. Uma visão de Paz, vinda do país mais armado do mundo, faz mudar a política internacional.

 

Foi isso que o Comité do Nobel quis premiar. Fez muito bem. Foi uma decisão corajosa.

 

De todos os prémios, o da Paz é o mais político. Desta vez também não faltou à regra.

publicado por victorangelo às 22:05

twitter
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO