Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vistas largas

Crescemos quando abrimos horizontes

Vistas largas

Crescemos quando abrimos horizontes

De luto

 

A tragédia que o Haiti está a viver toca-nos muito. Tenho, na minha Missão, vários funcionários de nacionalidade haitiana. Estão como que paralisados, o choque foi demasiado grande. A nossa equipa de aconselhamento psicológico, um pequeno conjunto de especialistas que está muito habituado a lidar com traumas violentos, em zonas de conflito, tem estado em contacto com os colegas que ficaram mais fragilizados.

 

O chefe da Missão da ONU no Haiti, Hédi Annabi, um velho colega meu, e o seu adjunto, o Luís da Costa, outro conhecido de muitos anos, continuam desaparecidos. Estavam, mais o Comandante da Força Militar da ONU, o Comissário da Polícia (UNPOL) e outros colegas seniores, numa reunião com uma delegação chinesa. Receia-se que tenham, todos, perdido a vida.

 

O destino é o que é. O General Gerardo Chaumont, um homem bom, argentino e com muita experiência em matéria de segurança, antigo comandante-geral adjunto da Gendarmeria Argentina, trabalhou um ano e meio comigo no Chade. Em finais de Dezembro, resolveu aceitar a sua transferência para a Missão no Haiti. Por ser mais perto de Buenos Aires. Queriam que fosse directamente de N'Djaména para Port-au-Prince. Se tivesse acedido, teria morrido ontem. Mas, não. Disse que só começaria as suas novas funções em Fevereiro. Quando o fizer, encontrará um Haiti destruído e à deriva.

 

Estes são tempos que nos interpelam. 

 

O diálogo de surdos

 

O espectáculo do Governador do Banco de Portugal a ser interrogado pelos senhores deputados foi mais do que um diálogo de surdos. Foi um cena triste. Mais um episódio atabalhoado, numa assembleia sem homens de estado. Surdos e arrogantes. Um acto que simbolizou, de novo, a falta de elevação na vida pública portuguesa.

 

O vídeo deveria ser levado para as escolas secundárias e ser utilizado como material didáctico. Nas aulas de educação cívica. Mostrando claramente o que a cultura política não deve ser.

 

 

A ponte com o mundo islâmico

 

O meu texto na revista VISÃO desta semana é sobre as relações entre o Ocidente e o Islão, no seguimento do discurso do Presidente Obama na Universidade de Al-Azhar, no Cairo.

 

http://aeiou.visao.pt/uma-ponte-para-o-islao=f512254

 

 

Boa leitura e muitos comentários, na VISÃO on-line, claro.

O Teatro das Velhas Raposas

 

Na política, o que parece é.  Mas, as verdadeiras razões são sempre outras, escondidas por detrás do teatro e das palhaçadas. A televisão é, por si só, um convite ao espectáculo enganoso.

 

Não convém perder de vista estas verdades, nem mesmo quando se está perante as mordidelas secas das velhas raposas.

Nice and warm, bem quentinho

 

 

São 23:00 horas. A temperatura no meu jardim, aqui na minha cidade de N'Djaména,  esta' na casa dos 36 graus. Na minha sala de estar, tenho 43.

 

Quem se pode queixar, nestas terras, de que o preço do aquecimento central esta' pelas horas da morte? Nesta cidade, morre-se de calor a um preço muito acessível. São terras em que morrer sai barato.

 

Os piratas do Golfo de Aden, de quem falo na Visão on line desta semana, têm pelo menos a brisa do mar a seu favor. Vejam, por favor

 

http://aeiou.visao.pt/piratas-e-preconceitos=f504842

 

Enjoy the breeze!

 

 

As tormentas da Guiné

 

As mortes do General Tagme Na Wai e do Presidente Nino Vieira talvez tenham o condão de fazer reflectir as elites militares e civis da Guiné. Talvez  permitam aos dirigentes chegar  'a conclusão que e'  altura de por termo a' violência e a uma cultura de conflito permanente. Que e' preciso deixar funcionar as instituições do Estado.

  

O país de Amílcar Cabral não pode continuar a ser governado a tiro, ao sabor das querelas de personalidades.

 

 

O Ze' do Pedal

 

O Zé do Pedal, um Brasileiro com muitas pernas e muita pedalada, e também muito ânimo, esta' a atravessar a África num kart a pedais. Vem de Paris, já esteve em Portugal, encontra-se agora na fronteira do Mali, vindo de Dakar. Espera chegar 'a África do Sul  a tempo de ver o campeonato do mundo de futebol.

 

Entretanto vai-se batendo por causas nobres.

 

E' um exemplo que prova, uma vez mais, que vale a pena sonhar.

 

Aqui junto a mensagem que me enviou:

 

" ... Vítor bom dia


acabo de ver teu blog...lá encontro tudo que vejo diuturnamente em minha viagem rumo a África do sul...as mesmas caras, os mesmos sorrisos, as mesmas tristezas, os mesmos sonhos...sonhos de um mundo melhor...parabéns pelas fotos e pelos relatos...tomara que as pessoas tenham um pouco mais de consciência e comecem a mudar o seu mundo.
Atualmente estou na fronteira Senegal/Mali
meu blog
www.zedopedal.skyrock.com
felicidades
 
 
Zé "

 

 

Prioridades e pobreza

 

Agora que as moções partidárias e os congressos com vista 'a preparação das eleições irrompem como cogumelos depois das chuvas, conviria notar que a prioridade política em Portugal tem que ser a luta contra a pobreza, sobretudo a pobreza nos meios urbanos e das famílias com crianças por educar. Muito especialmente neste ano de grande crise económica.
 
O resto e' conversa de políticos que não têm os pés assentes na terra, como infelizmente e' a norma em Portugal. Mais, muitos dos nossos dirigentes não compreendem, nem nunca souberam, o que e' ser pobre num país como o nosso. São da classe média provinciana, ou da grande burguesia, ou então vivem com a mentalidade de funcionário burocrático, que e' tão típica das nossas gentes. Estão, e estiveram sempre,  desligados das pessoas que sofrem para sobreviver o dia-a-dia.
 
Como não se pode resolver tudo ao mesmo tempo, a definição das prioridades devera' ser uma preocupação fundamental dos senhores que se dizem líderes.
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

<meta name=

My title page contents

Links

https://victorfreebird.blogspot.com

google35f5d0d6dcc935c4.html

  • Verify a site
  • vistas largas
  • Vistas Largas

www.duniamundo.com

  • Consultoria Victor Angelo

https://victorangeloviews.blogspot.com

@vangelofreebird

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D