Portugal é grande quando abre horizontes

25
Fev 16

Dizem-me frequentemente que o Serviço Nacional de Saúde não tem capacidade de resposta, sobretudo nas áreas de tratamento especializadas. E é verdade. Os tempos de espera e as condições das prestações estão muito além do limite que é aceitável. Mas como poderia ser de outra maneira, quando a economia que temos não é suficiente para gerar os recursos necessários, que correspondam aos custos das nossas ambições? Um SNS a funcionar bem precisa de uma economia forte.

Na mesma ordem de ideias, contava hoje a pessoa da família que quanto tive que ser operado a uma catarata disse ao cirurgião qual o período em que eu tinha espaço de tempo para essa operação. Estávamos em janeiro e eu tinha uma abertura nos inícios de abril. E assim aconteceu.

O meu familiar respondeu que isso não seria possível em Portugal. A verdade é que a minha história, que se passou há dois anos, não ocorreu de facto em Portugal. A consulta e a operação tiveram lugar em Bruxelas.

publicado por victorangelo às 20:01

twitter
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14

23



<meta name=
My title page contents
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO